Não basta ser eu ,Precisa  ser alguém!
Marlidepaulasilvaoliveira Paula Rio de Janeiro Coragem é defender os direitos das pessoas transgênero!

Não basta ser eu ,Precisa ser alguém!

Bom dia !! Hoje o mundo tem suas diferença ,e , precisamos dizer a vida e a natureza que haverá uma oportunidade para você no mundo dos excluido. Precisamos dizer um não a desigualdade social buscar em meios das diferença uma forma de caminhar e alcança uma nossos objetivos. ATT Marli de Paula Silva Oliveira Nova Iguaçu,07 de agosto de 2017 Bom dia ! Mais uma vez um transgenero ao sair de uma universidade em São Paulo caminhando pelo Parque não conseguiu concluir sua volta .. Aonde está ele ? o que aconteceu ao decorrer de sua vinda . Desapareceu e ainda não o encontraram A discriminação mata ! Mate ela antes que a discriminação mate mais alguém!

Assinaturas:
Meta: 40
Período:
07/08/2017 06/09/2017

A legislação atual sobre reconhecimento legal de identidade de gênero exige que a pessoa seja maior de 18 anos, tenha diagnóstico psiquiátrico e seja esterilizada ou estéril. “Não sou estéril e não quero ser”, diz Sakris Kupila, defensor de direitos humanos.

A atual lei expõem pessoas trans à discriminação.

A Lei trans (Act Trans) existente viola o direito das pessoas de não serem submetidas a tratamento desumano, o direito à igualdade de tratamento, o respeito pela vida privada e familiar e à proteção da integridade física e mental.

Apoie e defenda Sakris: exija que o governo finlandês apoie defensores e defensoras dos direitos de pessoas transgênero como Sakris, e faça com que o procedimento para o reconhecimento legal da identidade de gênero seja rápido, acessível e respeite os direitos humanos.

Atividade


Últimas assinaturas

{{don.Name}}
{{don.Message}}
Não basta ser eu ,Precisa  ser alguém!
Marlidepaulasilvaoliveira Paula
{{don.MessageAnswer}}
Nenhuma atividade nesta página.
Your browser is out-of-date!

Update your browser to view this website correctly. Update my browser now

Close